A Permanência de um Fantasma

Em julho de 2017 o jornal britânico The Guardian publicou um artigo que causaria discussão entre cinéfilos ao sugerir o advento de um novo subgênero do terror intitulado “pós-terror”. Essa nova convicção surgiu na percepção de certos padrões em longas-metragens do gênero, muitos deles de produção independente, dos quais se destacaram nos últimos anos. Se basicamente sua premissa é desconsiderar a execução reativa do pavor para dar a atenção à atmosfera do medo pelo obscuro, então podemos concluir que não se trata de um recurso tão novo, já que clássicos são lembrados até hoje por manter esse arquétipo, como no caso da obra Polansky, O Bebê de Rosemary (1968). Mas isso também foi visto, num curto espaço de tempo, em Corrente do Mal (2014), Boa Noite, Mamãe (2014), A Bruxa (2015), Corra! (2017), Ao Cair da Noite (2017), e até mesmo nos brasileiros Trabalhar Cansa (2011) e Mate-me Por Favor (2015).

A Ghost Story  - Casey Affleck e Rooney Mara
Casey Affleck e Rooney Mara na velha casa assombrada

O caminho traçado pelo jovem diretor e roteirista David Lowery na criação de A Ghost Story não poderia ser diferente ao tornar a simplória separação de um casal, por conta de um trágico acidente, numa grande oportunidade de reflexão nostálgica transcendendo os limites da existência. Já na primeira cena o “monstro” a ser temido é apresentado pela personagem de Rooney Mara quando detalha o modo de burlar sua apreensão escondendo bilhetes pessoais por lugares onde passou, para que um dia, quem sabe, tenha sorte de encontrá-los novamente. E se parar para pensar, é o mesmo contexto existencial discutido no recente Blade Runner 2049 (2017) por intermédio da figura de um cavalo de madeira (ou origami). Por outro lado, a outra metade, interpretada por Casey Affleck, transita de um deprimido mortal para a representação mais tradicional e lúdica que temos de um fantasma: uma pessoa coberta por um lençol branco. Sem dúvida, por meio deste simbolismo ingênuo, visto recentemente (e exageradamente) em Mãe! (2017) de Aronofsky, iremos recordá-lo como “filme do fantasma” por anos. A partir deste aspecto de interação entre dois mundos, a experiência da perda dos protagonistas é gradativamente exposta por intermédio das lembranças através do tempo.

A Ghost Story - O Fantasma na paisagem de Malick
Seria uma paisagem de Terrence Malick se não fosse pelo lençol

Além de toda a questão filosófica abordada, a modéstia do filme chama a atenção por conduzir o enredo não somente por poucos diálogos, porém bem assertivos, mas também por misturar linguagens que vão de trechos de livros, bilhetes, canções e principalmente por gestos e imagens. Afinal, é um ótimo exemplar de como brincar com peculiaridades cinematográficas contra recursos limitados. A direção oferece um festival de planos, muitos deles estáticos, inertes em belos enquadramentos onde pequenas ações se transformam em grande significados para a narrativa não-linear.

A Ghost Story - O fantasma está ao lado
Os pequenos pedaços da vida escondidos no tempo

Enquanto o lado mundano do rompimento tende a seguir em frente, mesmo com memória custosamente degustada até ser esquecida, o lado metafísico decorre muito mais que uma entidade assombrada. Mesmo nas tentativas de contato com o universo exilado, com certos casos evidentes de uma autêntica história de assombração, tal qual a clássica cena do armário, o essencial fica na inapta maneira de observar aquilo que seria sua vida. O que lhe resta é assistir ao tempo, tanto quando um interminável programa de televisão, ou até mesmo um móvel esquecido pela casa e ninguém dá importância, à espera de algo acontecer, ou simplesmente deixe de existir um dia.

  • Título original:   A Ghost Story
  • Diretor:   David Lowery
  • País:   USA
  • Categoria:   Drama
  • Ano:   2017
  • Elenco:   Casey Affleck, Rooney Mara, McColm Cephas Jr., Kenneisha Thompson, Grover Coulson, Liz Cardenas Franke, Barlow Jacobs, Richard Krause, Dagger Salazar, Sonia Acevedo, Carlos Bermudez, Yasmina Gutierrez, Kimberly Fiddes, Daniel Escudero, Kesha

 A Ghost Story
(2017) on IMDb

Sinopse:   C (Casey Affleck) morre num acidente de carro. Ele vira um fantasma e retorna para sua casa, onde a esposa, M (Rooney Mara) enfrenta o luto e tenta retomar a vida. Resta a C acompanhar a rotina dela, sem ter como se comunicar..

Para quem gostou do assunto também recomendamos

Escreva suas opiniões sobre o texto

Compartilhe